Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A cultura e as línguas clássicas

Temas a tratar: o latim e o grego — seu estudo; a língua e a cultura; as origens da língua portuguesa; etimologias; a cultura clássica e a cultura portuguesa

A cultura e as línguas clássicas

Temas a tratar: o latim e o grego — seu estudo; a língua e a cultura; as origens da língua portuguesa; etimologias; a cultura clássica e a cultura portuguesa

Gimnofobia

A propósito de uma questão colocada num concurso televisivo — o que é gimnofobia?

Não é o medo de “ginásios” (resposta dada pelo concorrente), embora sejam palavras da mesma raiz.

Vejamos:

O adjectivo grego γυμνός (gimnos) significa “nu”, “não coberto” ou “ligeiramente vestido”;

Este adjectivo é da mesma raiz do verbo γυμνόω  que significa “desnudar” ou, na voz passiva, “estar nu”.

Para aperfeiçoar a beleza física, para desenvolver a força e contribuir para a saúde, os gregos praticavam exercício físico. Essa preocupação está presente nas estátuas que nos chegaram e que mostram como o cuidado com o corpo era algo a que dedicavam muita atenção, importante tanto para a preparação do guerreiro, como do cidadão em geral.

discóbulo.jpg

Ora a prática de exercício físico fazia-se com pouca ou nenhuma roupa;

daí γυμνάζω  “desnudar-se para a ginástica”, “fazer ginástica”, “exercitar”

A prática do exercício fazia-se no γυμνάσιον, o ginásio.

Esta a origem das palavras portuguesas: ginásio, ginástica, ginasta, etc.

Mas a origem grega lá está, no adjectivo que significa “nu”.

Portanto, o gimnofóbico não tem medo de ginásios, ele tem medo da nudez.