O estudo da língua Latina não é apenas um luxo de eruditos. O latim é a matriz da nossa identidade, o conhecimento do latim e da cultura greco-romana é essencial para um conhecimento daquilo que somos, do que é a nossa cultura, do sentido dos nossos costumes, do conhecimento das nossas origens. O estudo da língua latina é essencial para uma correcto conhecimento da língua portuguesa, para além de ajudar na aprendizagem de outras línguas (isso mesmo já foi reconhecido em estudos realizados nos EUA, onde o interesse pelo latim está em fase de expansão). O estudo da língua latina desenvolve as capacidades de análise e de raciocínio, ensina a escrever mais correctamente a nossa língua, enriquece o vocabulário, ajuda na compreensão de qualquer texto em língua materna.  É, realmente, uma base importante e essencial. Isso foi reconhecido na Alemanha, onde, depois de alguns anos em que o estudo do latim diminuiu um pouco, se está a incentivar de novo, porque reconheceram o seu valor para a formação do jovem, para o seu desenvolvimento intelectual. Isso mesmo é feito na Finlândia, onde há mesmo um noticiário radiofónico semanal em língua latina.

 

  

 

 

 

 

 

 

 

publicado por isa às 23:07