seniores.jpg

 

Vocábulo agora muito em voga (fica melhor falar em seniores do que em idosos... ), o termo seniores  tem sofrido de "violência" tónica, quer na oralidade, quer na escrita.

 

Seniores (no singular sénior) é o comparativo de superioridade do adjectivo latino senex, que significa velho, idoso. Logo senior , literalmente, quer dizer mais velho (em comparação com outros), mas pode ser usado substantivamente, significando apenas ancião, velho.

Como em latim as palavras não têm acentuação gráfica, o singular é senior e o plural seniores [ sendo, no plural, a sílaba acentuada a penúltima - o -].

 

Usando o vocábulo em português, o singular — sénior —, tendo como sílaba tónica a antepenúltima (se-), terá de ter um acento gráfico, visto tratar-se de uma palavra esdrúxula (e todas as palavras esdrúxulas são acentuadas graficamente).

 

No plural o vocábulo fica com mais uma sílaba: se-ni-o-res  — portanto, nunca pode, em português (tal como em latim) ser acentuado na sílaba se- , visto que a acentuação, em português [tal como em latim], só pode recair na última sílaba, na penúltima ou na antepenúltima. Por isso não pode este vocábulo ter um acento gráfico em se- (visto que esta sílaba está para lá da antepenúltima).

 

 

A pronúncia do plural SENIORES deve abrir a vogal O, é essa a sílaba tónica e não necessita de qualquer acento gráfico.

 

O mesmo pode dizer-se de JÚNIOR  e JUNIORES (o mais novo / os mais novos).

 

publicado por isa às 17:54