Vamos, de novo, às etimologias.

A Igreja católica celebra o advento, quer dizer, o tempo que prepara o Natal, a vinda do Senhor.

A palavra advento está relacionada com o verbo latino advenire 'chegar' (vindo do verbo venire 'vir', ou uenire, visto que no latim clássico não existia o símbolo v). É do supino (forma verbal que não tem correspondência em português) desse verbo - adventum-  que deriva o substantivo adventus que significa "chegada" e dá o português advento.

Da mesma família é o verbo evenire "vir de, acontecer", de onde sai o substantivo latino eventus, que dá o português evento com o significado de acontecimento; daí também eventual, eventualidade.

E como as palavras são como as cerejas, aí vem outro verbo da mesma raiz: invenire "vir sobre, encontrar" com cujo supino se relaciona o substantivo inventus "invenção" que vem dar o português invento.

Verbo composto com outro prefixo é o supervenire "vir por cima, sobrevir" — daí deriva o português superveniente (neste caso vem do particípio presente latino) "aquele ou aquilo que sobrevem, que aparece depois".

publicado por isa às 15:58